Câmara do Comércio e Indústria dos Açores diz que aumento de verbas para turismo é escasso

Câmara do Comércio e Indústria dos Açores diz que aumento de verbas para turismo é escasso

 

Lusa/AO Online   Regional   30 de Set de 2015, 17:03

A Câmara do Comércio e Indústria dos Açores considerou hoje "manifestamente escasso" o aumento de verbas para o turismo na proposta do plano de investimentos públicos para 2016.

“O nosso entendimento é que, estando o turismo a crescer entre 20% e 30%, seria de esperar da parte das autoridades um esforço também de investimento desta ordem para acompanhar a pressão que esse nível de crescimento está a exercer sobre a economia”, afirmou o presidente do organismo, Mário Fortuna, em declarações à Lusa.

O responsável comentava assim a apresentação feita hoje em sede de reunião do Conselho Regional de Concertação Estratégica, onde participou, em Ponta Delgada, alegando que a economia do turismo "merece um esforço adicional". Segundo o Governo dos Açores, as verbas da proposta do plano de investimentos destinadas ao turismo seriam superiores em 7% ao montante deste ano.

"O aumento de 7% a 10% é para nós um aumento manifestamente escasso para acompanhar o efeito positivo que se tem registado na economia dos Açores", considerou Mário Fortuna, que esperava mais, embora admitindo que o aumento global das verbas é positivo.

“Há rubricas novas que são contempladas com alguns valores que são positivos, nomeadamente o aumento dos pagamentos no âmbito dos transportes aéreos para pagar dívidas atrasadas, mas consideramos que estes valores são manifestamente insuficientes para que os transportes aéreos funcionem de forma mais regular e o turismo tenha mais pernas para andar e para dar resposta à procura que nos tem assolado nos últimos meses”, declarou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.