Câmara de Ponta Delgada inicia este mês nova edição do orçamento participativo

Câmara de Ponta Delgada inicia este mês nova edição do orçamento participativo

 

Lusa/AO Online   Regional   10 de Mai de 2016, 14:28

A câmara açoriana de Ponta Delgada inicia este mês a terceira edição do orçamento participativo, que passa a ter votação "online", tendo por concluir um projeto da primeira edição devido a "razões absolutamente incontroláveis", disse hoje o autarca.

“Estamos já em condições de poder, este ano, concluir os melhoramentos de infraestruturas na Rocha da Relva, um projeto do orçamento participativo de 2015”, afirmou José Manuel Bolieiro aos jornalistas, alegando que em causa estiveram “razões absolutamente incontroláveis” da parte do município para não concluir o projeto.

Na conferência de imprensa para apresentar a nova edição do orçamento participativo, cujo regulamento está em consulta pública até 08 de junho, o presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada explicou que o projeto da Rocha da Relva não avançou mais cedo devido às intempéries e à necessidade de um parecer da Direção Regional dos Assuntos do Mar.

A terceira edição do orçamento participativo de Ponta Delgada tem início no dia 17 de maio com os encontros de participação pública, que decorrem até 17 de junho por todo o concelho, altura em que cada pessoa poderá apresentar ideias para serem votadas.

Depois de sujeitas a validação técnica, serão submetidas a uma votação final dos cidadãos e os projetos selecionadas serão concretizadas em 2017.

Para José Manuel Bolieiro, a credibilização do processo passa pelas pessoas terem ideias para o seu concelho, apresentarem-nas com “sentido de responsabilidade e cidadania” e submetê-las a votação com “a ideia de sustentabilidade, necessidade para a comunidade e limite orçamental”.

A terceira edição do orçamento participativo conta com 250 mil euros, com um valor máximo de 75 mil euros para cada projeto, e podem participar os cidadãos maiores de 16 anos, desde que residam, trabalhem ou estudem no concelho.

Os encontros de participação pública da segunda edição do orçamento participativo de Ponta Delgada reuniram 222 pessoas nos nove momentos que decorreram pelo concelho.

José Manuel Bolieiro anunciou que, este ano, todos os encontros de participação pública terão um espaço destinado às crianças, de modo a facilitar a presença das famílias e os locais de reunião serão acessíveis a pessoas com mobilidade reduzida.

O autarca destacou também que estão a ser feitos esforços para haver moderadores externos nos encontros que facilitem a comunicação com pessoas surdas ou outras necessidades especiais.

O orçamento participativo, que já tem informação disponível no portal do município e na rede social Facebook, passará a estar disponível também no Instagram “para atrair cada vez mais jovens”.

Além da votação presencial, a terceira edição da iniciativa municipal contará também com uma votação ‘online’, sendo que a plataforma eletrónica fará a verificação, através da indicação do número de contribuinte de cada pessoa, que tem direito a dois votos, em projetos que não podem ser da mesma freguesia.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.