Autarquias

Câmara de Lisboa discute documento para 2008


 

Lusa/Ao online   Nacional   17 de Dez de 2007, 07:30

O orçamento para 2008 da Câmara de Lisboa, de 546 milhões de euros, o primeiro no âmbito do plano de saneamento financeiro, é discutido hoje em reunião extraordinária do executivo municipal.
O orçamento para 2008 totaliza 546 milhões de euros, representando um corte de 32 por cento no valor global da despesa, face a 2007, de acordo com a proposta apresentada a semana passada pelo presidente do município, António Costa.

    A estimativa de receita extraordinária sofre um grande corte, passando de 312 milhões de euros em 2007 para 45 milhões de euros em 2008.

    Está prevista uma redução de cinco por cento nas despesas com pessoal e dentro desta categoria a redução de 60 por cento nas horas extraordinárias.

    O orçamento e as grandes opções do plano 2008-2011 assentam no cumprimento do plano de saneamento financeiro, visando o pagamento das dívidas da câmara e uma forte contenção para não gerar novas dívidas.

    Entre as medidas que permitam assegurar a sustentabilidade estão a reestruturação do sector empresarial municipal e dos serviços da câmara.

    Está prevista uma redução de cinco por cento nas despesas com pessoal e dentro desta categoria a redução de 60 por cento nas horas extraordinárias.

    A estimativa de receita extraordinária sofre um grande corte, passando de 312 milhões de euros em 2007 para 45 milhões de euros em 2008.

    De acordo com o documento, as receitas estruturais são de 493 milhões de euros e os contratos programa somam 7,5 milhões de euros.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.