Câmara da Horta exige aumento das ligações diretas com Lisboa

Câmara da Horta exige aumento das ligações diretas com Lisboa

 

Lusa/AO Online   Regional   13 de Abr de 2017, 16:36

A Câmara Municipal da Horta, voltou a exigir à Azores Air Lines e ao Governo Regional a reposição das 14 ligações semanais diretas na rota entre Lisboa e a Horta, durante a operação de verão.

 

A nova reivindicação do município faialense resulta de uma deliberação aprovada na quarta-feira por unanimidade, em reunião de Câmara, na sequência de um voto de protesto apresentado pelos vereadores do PSD (que estão em minoria naquele órgão autárquico), que contestavam as declarações do presidente do Grupo SATA em relação aos voos para a Horta.

"Todavia, o senhor presidente propôs uma tomada de posição firme que não se limite a protestar, como era intenção daquele voto, mas que assuma o reforço da reivindicação dos faialenses perante aquela companhia no aumento da frequência nas ligações com Lisboa durante os meses de Verão", explica uma nota informativa do município, hoje divulgada.

A deliberação exige, igualmente, esclarecimentos sobre a implementação do projeto RISE (equipamento de GPS de ajuda às manobras de aproximação e aterragem) no Aeroporto da Horta, no sentido de ultrapassar "dificuldades imediatas ao nível da operacionalidade".

A Câmara Municipal da Horta lamentou também as declarações proferidas por Paulo Menezes, presidente do Conselho de Administração da SATA, por ter apresentado dados sobre a operação entre Lisboa e a Horta (para justificar o não aumento de voos), que "não têm correspondência" em relação à "realidade transmitida pelos números oficiais".

Recorde-se que já anteriormente, a Assembleia Municipal da Horta tinha tomado também posição idêntica, de protesto contra o presidente do Grupo SATA.

A Azores Air Lines tem previsto para os meses de julho e agosto, 12 voos semanais entre Lisboa e a Horta, que são considerados "insuficientes" pelos operadores turísticos e pelas forças vivas locais, que alegam ser difícil adquirir passagens aéreas naquele período.

Os voos entre Lisboa e a Horta são atualmente assegurados apenas pelas Azores Air Lines, depois da TAP ter abandonado esta rota, em abril de 2015.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.