Câmara aprovou 26,1 mil milhões de ajuda aos Estados

Câmara aprovou 26,1 mil milhões de ajuda aos Estados

 

Lusa/AO Online   Internacional   11 de Ago de 2010, 06:14

A Câmara dos representantes aprovou na terça feira um plano de ajuda orçamental de 26,1 mil milhões de dólares destinado aos Estados norte-americanos, satisfazendo o presidente Barack Obama, segundo o qual os fundos vão permitir evitar milhares de despedimentos.

A Câmara, chamada das suas férias de verão para votar esta medida de urgência, já aprovada pelo Senado na semana passada, adotou o documento por 247 votos contra 161.

“Sem perder tempo, o presidente Obama promulgou-o ao fim de tarde", constataram testemunhas.

O texto contém 16,1 mil milhões de dólares para prolongar o financiamento da Medicaid (seguro doença do desfavorecidos), até junho de 2011 e 10 mil milhões para ajudar os Estados a conservar empregos de professores para o ano escolar 2010-2011.

Segundo os democratas, a medida sobre a educação vai salvaguardar mais de 100.000 empregos de professores.

O plano refere-se igualmente a empregos de bombeiros e de polícias.

Vários Estados foram forçados cortar as suas despesas devido à recessão económica que prejudicou as suas receitas fiscais.

Falando antes do voto desde a Casa Branca ao lado de dois professores que recentemente perderam o seu emprego por falta de fundos, Obama afirmou: “não podemos continuar sem fazer nada enquanto os que ensinam as nossas crianças ou fazem respeitar a ordem são despedidos”.

“Exorto o Congresso a adotar este projeto para que os professores formidáveis aqui presentes possam recomeçar a ensinar as nossas crianças. Os Estados Unidos olham, e os Estados Unidos esperam que Washington aja”, preveniu o presidente.

Esta votação aconteceu menos de três meses antes das eleições legislativas de meio de mandato, durante as quais serão renovados um terço do lugares do Senado e o conjunto dos da Câmara.

Estas duas assembleias são atualmente dominadas pelos democratas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.