Câmara das Velas assume orçamento "amigo das famílias"

Câmara das Velas assume orçamento "amigo das famílias"

 

Lusa / AO online   Regional   28 de Nov de 2015, 14:35

A Assembleia Municipal das Velas, na ilha de São Jorge, aprovou o orçamento da câmara para 2016, de 6,7 milhões de euros, com votos favoráveis do CDS-PP e a abstenção de PS e PSD.

 

"É um dos melhores orçamentos da história da Câmara Municipal das Velas, um orçamento muito realista mas também ambicioso. Um orçamento que se situa nos seis milhões e 700 mil euros dos quais três milhões são para investimento", afirmou à agência Lusa Luís Silveira, presidente da Câmara eleito pelo CDS-PP.

O autarca congratulou-se com o facto de a Câmara Municipal das Velas "já poder vislumbrar investimentos a candidatar ao novo quadro comunitário de apoio", depois de lembrar que encontrou uma autarquia à beira do saneamento financeiro.

" É um orçamento que já prevê cada vez mais investimento e menos despesa corrente pese embora ainda é um orçamento que tem um encargo superior a meio milhão de euros para fazer face a encargos com passivos financeiros realizados por anteriores executivos", disse.

Luís Silveira fala num orçamento "amigo das famílias" com "taxas de IMI pelos mínimos" e que contempla uma série de benefícios fiscais.

"Pela primeira vez na história da Câmara Municipal das Velas já vai devolver 50% daquilo que são as receitas da câmara em termos de IRS, ou seja, 5% das receitas de IRS geradas no concelho são dos municípios e pela primeira vez a câmara vai já devolver 2,5% às famílias e que será um contributo na ordem dos 70 mil euros para os orçamentos familiares", explicou.

O plano e orçamento para 2016 tem mais cerca de um milhão de euros disponíveis do que em 2015, sendo que só a verba para investimento ascende a três milhões de euros, enquanto para este ano cifrava-se na ordem de 1,2 milhões de euros.

"Há duas grandes obras no orçamento para 2016, um investimento na nossa rede de distribuição e captação de águas de um milhão e 300 mil euros e a reabilitação urbana de toda a sede do concelho e que ultrapassa os dois milhões de euros de investimento", disse.

Luís Silveira disse ser um "projeto ambicioso e necessário para dar uma nova imagem às Velas" criando melhores condições para quem "vive ou visita o concelho".

Referiu que estão contemplados arranjos de "arruamentos, passeios, passadeiras de nível, sinalizações de trânsito", bem como a reabilitação do jardim municipal e a construção do mercado municipal.

O presidente da câmara açoriana das Velas quer ainda em 2016 reabilitar espaços e infraestruturas por todas as freguesias do concelho, nomeadamente escolas que hoje não são utilizadas para dar aulas e que serão adaptadas para outros serviços como "um centro de atividades, uma sede de escuteiros ou uma casa mortuária".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.