Força Aérea realizou 406 missões de transporte urgente de doentes em 2015

Força Aérea realizou 406 missões de transporte urgente de doentes em 2015

 

AO/Lusa   Nacional   9 de Jan de 2016, 10:38

A Força Aérea Portuguesa (FAP) anunciou hoje que, em 2015, transportou 488 doentes em 406 missões de transporte urgente de doentes, realizadas no Continente, nas ilhas dos Açores e da Madeira e algumas desde o estrangeiro.

 Em comunicado, a FAP explica que, destas 406 missões, as quais representaram mais de 630 horas de voo, 194 ocorreram na Madeira, 183 no arquipélago dos Açores e as restantes 29 dizem respeito a missões efetuadas entre o continente e as ilhas ou vindas do estrangeiro.

Ao longo de 2015, a FAP realizou também 87 missões de busca e salvamento e levou a cabo 25 salvamentos, num total de 316 horas de voo efetuadas neste tipo de operações, tendo realizado ainda 35 missões de transporte de órgãos e voado mais de 68 horas.

No ano passado, os militares e os meios da Força Aérea Portuguesa estiveram também empenhados em 31 missões de resgate em navios, distribuídas por 117 horas de voo, que permitiram transportar 38 doentes.

Segundo o balanço operacional de 2015, os aviões da FAP realizaram 168 horas na vigilância do espaço aéreo, num total de 51 missões efetuadas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.