Força Aérea abre processo disciplinar a militar que terá andado uma semana com filho morto no carro

Força Aérea abre processo disciplinar a militar que terá andado uma semana com filho morto no carro

 

Lusa/AO Online   Nacional   10 de Dez de 2012, 06:19

O Estado-Maior da Força Aérea anunciou hoje que determinou a abertura de um processo disciplinar à militar que terá andado uma semana com o filho morto dentro do carro por considerar que "existem indícios de infração de deveres militares".

Em comunicado, o Estado-Maior da Força Aérea adianta que a militar está suspensa de funções até à conclusão do processo disciplinar aberto pelo chefe do Estado-Maior da Força Aérea, general José Pinheiro

A abertura do processo disciplinar surge após a conclusão do processo de averiguações, iniciado na sequência de notícias que indicavam que uma militar da Força Aérea terá dado à luz e andado com o filho recém-nascido morto no interior do carro durante uma semana.

O Estado-Maior da Força Aérea diz ainda que a militar “está apta para o serviço”.

A militar terá confirmado os factos à Polícia Judiciária, contando que o bebé nasceu morto.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.