BTL quer atrair 70 mil visitantes e faz venda direta de promoções via telemóvel


 

Lusa/AO Online   Economia   10 de Fev de 2015, 13:01

A Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que arranca dia 25, quer atrair 70 mil visitantes, mais 2.000 do que em 2014, e vai permitir a venda direta de promoções ao público que instale uma aplicação para iphone e android.

 

“O grande público vai poder ser alertado das melhores promoções de viagens ou estadias em hotéis, ao longo de todo o ano, através da aplicação http://btl.m-guide.org/app", afirmou em conferência de imprensa a diretora da área de feiras da FIL, Fátima Vila Maior.

A BTL 2015, que comemora este ano a 27º edição, implica um investimento superior a um milhão de euros e vai ocupar uma área superior a 30 mil metros quadrados, distribuída por três pavilhões e zona exterior.

A área internacional acolhe 36 destinos, dos quais 12 pela primeira vez: China, Croácia, Guiné-Bissau, Tailândia, Peru, Colômbia, Paraguai, Irão, Perú, Roménia e dois estados brasileiros: Pernambuco e Santa Catarina.

Vítor Neto, presidente do Conselho Estratégico da BTL, espera "superar os 70 mil visitantes", "crescendo um pouco mais do que o ano passado", quando a feira acolheu 69 mil visitantes.

O Alentejo vai estar em destaque, tendo sido escolhido como destino nacional e internacional: “O Alentejo já é tão reconhecido internacionalmente que fazia todo o sentido que fosse em Portugal" o destino convidado, afirmou Fátima Vila Maior.

O turismo religioso vai merecer especial destaque nesta edição da feira, tendo sido celebrada uma parceria com a ACISO – Associação Empresarial de Ourém – Fátima.

A BTL termina a 1 de março.

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.