UE

Bruxelas revê em alta crescimento económico da UE

Bruxelas revê em alta crescimento económico da UE

 

Lusa/AO online   Economia   13 de Set de 2010, 11:01

A Comissão Europeia fez esta segunda-feira uma revisão em alta da previsão de crescimento económico europeu para 2010, estimando agora um aumento de 1,8 por cento do PIB na UE e 1,7 na Zona Euro.
As previsões intercalares, com estimativas para as sete maiores economias dos 27, divulgadas esta segunda-feira por Bruxelas, apontam para aumento de 0,8 pontos percentuais das previsões em relação às estimativas anteriores feitas em Maio passado quando Bruxelas previa um aumento de 1,0 por cento para a UE e 0,9 para a Zona Euro.

Esta actualização "intercalar" das previsões da primavera baseia-se na evolução verificada em sete Estados-membros, os mais importantes em termos económicos.

Alemanha, França, Itália, Reino Unido, Espanha, Holanda e Polónia representam cerca de 80 por cento do PIB nominal da UE e 85 por cento do da Zona Euro.

“A economia europeia está claramente no caminho da recuperação, mais forte do que se previa na primavera. O aumento da procura interna é de bom augúrio para o mercado do emprego”, declarou o comissário europeu dos Assuntos Económicos e Monetários.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.