Bruxelas recomenda que Portugal e mais 5 países fiquem no procedimento dos défices excessivos


 

Lusa/AO Online   Economia   18 de Mai de 2016, 11:39

A Comissão Europeia recomendou hoje que Chipre, a Irlanda e a Eslovénia saiam agora do Procedimento por Défices Excessivos (PDE), o que deixa seis países no braço corretivo do Pacto de Estabilidade e Crescimento (PEC), incluindo Portugal.

 

Numa nota de enquadramento sobre as recomendações específicas por país hoje aprovadas, Bruxelas "recomenda que Chipre, a Irlanda e a Eslovénia saiam agora do PDE" e acrescenta que, sendo esta recomendação aceite pelo Conselho, isto "deixaria seis Estados-membros sob o braço corretivo após esta ronda do Semestre [Europeu], abaixo dos 24 Estados-Membros [que estavam em défice excessivo] em 2011".

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.