Brasil colocará recursos no Centro de Investigação Internacional do Atlântico com sede nos Açores

Brasil colocará recursos no Centro de Investigação Internacional do Atlântico com sede nos Açores

 

Lusa / AO online   Regional   18 de Nov de 2017, 11:59

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações brasileiro, Gilberto Kassab, disse hoje à Lusa que o Brasil colocará dinheiro no projeto do Centro de Investigação Internacional do Atlântico (Air Center), que terá sede nos Açores.


"O Brasil vai colocar recursos em projetos e vamos assumir este compromisso a partir da assinatura do memorando de entendimento de cooperação [para implementação do Air Center]. Porém, não dá ainda para dimensionar qual será o valor", afirmou.

A declaração foi feita na véspera da 2.ª Reunião Ministerial e Diálogo de Alto Nível Indústria-Ciência-Governo sobre Interações Atlânticas, que acontece nos próximos dias 19 a 21, em Florianópolis, capital do Estado brasileiro de Santa Catarina.

Segundo Gilberto Kassab, o Brasil irá cooperar também com a participação de algumas instituições que já fazem pesquisas nas áreas de investigação prioritárias do centro - principalmente mudanças climáticas e energia-, atuando intensamente na troca de conhecimento entre cientistas.

Sobre os prazos para o início das atividades do Air Center, o ministro brasileiro confirmou a expectativa de que o projeto esteja em atividade até o final de 2018.

"Esta data [de 2018] está mantida. É sempre bom ter uma data porque ela serve de referência", disse.

A reunião no Brasil terá, além de Gilberto Kassab, ministros e representantes de outros dez países fundandores do Air Center: Angola, Argentina, Cabo Verde, Colômbia, Estados Unidos, Índia, Nigéria, Portugal, Espanha, Uruguai e a Comunidade Europeia.

Os ministros de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, Manuel Heitor; dos Negócios Estrangeiros da Argentina, Victor Marzari; de Ciência e Tecnologia da Nigéria, Ogbonaya Onu; ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação da República de Angola, Maria do Rosário Bragança Sambo, já confirmaram a participação na reunião em Florianópolis, segundo um comunicado enviado pelo Governo brasileiro.

O 'Air Centrer' é uma organização científica internacional liderada por Portugal, que pretende formar uma rede de instituições de ciência, tecnologia e inovação para promoção de uma abordagem integradora do conhecimento sobre observação da Terra, mudanças climáticas, mar profundo e análise de dados.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.