Liga Sagres

Braga vence “derby” minhoto em jogo com três penalties

Braga vence “derby” minhoto em jogo com três penalties

 

Lusa/Aonline   Futebol   2 de Abr de 2010, 20:41

O Sporting de Braga venceu o Vitória de Guimarães (3-2), na 25ª jornada da Liga Sagres, num "derby" minhoto "louco" com quatro grandes penalidades, dois golos nos descontos descontos e quatro expulsões para os forasteiros

O jogo fez jus à condição de "derby", com muita emoção, nervos à flor da pele e decisões polémicas do trio de arbitragem.

O Sporting de Braga entrou melhor com um grande remate de Matheus (4) para boa defesa de Nilson, mas o primeiro caso do jogo surgiu pouco depois (6).

Canto para o Vitória de Guimarães da direita, corte de cabeça de Moisés e Artur Soares Dias a marcar grande penalidade. Depois, aparentemente por indicação do árbitro assistente Rui Licínio, o árbitro do Porto voltou atrás com a decisão e o jogo retomou com bola ao solo.

Aos 17, Desmarets, na marcação de um livre de muito longe quase surpreendeu Eduardo, mas pouco depois os visitantes marcariam mesmo: Marquinho amorteceu (aparentemente com o braço) a bola para Rui Miguel que, na cabeça da área, atirou em jeito fazendo um belo golo.

Aos 39 minutos, primeira grande penalidade do jogo a punir mão de Andrezinho após livre de Luís Aguiar à entrada da área e que Alan transformou no golo do empate.

A segunda parte do encontro começou mais calma, e só aos 62 minutos Desmarets, de livre directo, assustou o guardião bracarense.

No minuto seguinte (63), Renteria desperdiçou uma boa oportunidade para marcar e aos 67 Nuno Assis quase aproveitava uma má reposição de bola de Eduardo, mas o seu cruzamento foi cortado no limite pela defesa da casa.

Pouco depois, os centrais do Vitória desentenderam-se, Renteria isolou-se e Valdomiro cometeu grande penalidade: cartão vermelho para o central vitoriano e Meyong com muita calma a marcar o segundo dos da casa.

Mas o Vitória, mesmo com dez jogadores, nunca desistiu e, nos descontos, uma falta infantil de Rodriguez sobre Roberto deu a oportunidade para Andrezinho fazer o empate na marcação de nova grande penalidade.

O jogo acabou depois do 3-2 bracarense, em mais uma grande penalidade, esta mal assinalada, perante o desnorte dos jogadores vitorianos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.