Conjuntura

Bolsa portuguesa cai mais de 3,5%


 

Lusa / AO online   Economia   4 de Fev de 2010, 10:02

A bolsa portuguesa estava cerca das 11:50 de Lisboa a cair mais de 3,5 por cento, numa manhã em que o preço da protecção do risco da dívida portuguesa ultrapassou os 210 pontos, quebrando um novo recorde.
"O foco está a mudar e direccionar-se para Espanha e Portugal, onde os planos de redução do défice [das contas públicas] são bem menos ambiciosos que o plano grego", disse Kornelius Purps, um estratega alemão no Banco de Investimento e Mercados Unicredit à Bloomberg.

A 'manhã negra' afectou também as outras bolsas europeias, com o IBEX (a bolsa espanhola) a cair 2,5 por cento, o valor mais baixo desde Agosto. Já o PSI 20, o índice que reúne as vinte maiores empresas cotadas na praça lisboeta, caiu 11 por cento desde o início do ano.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.