Bolieiro diz que reativar hotel Monte Palace é apostar no turismo de Ponta Delgada

Bolieiro diz que reativar hotel Monte Palace é apostar no turismo de Ponta Delgada

 

Lusa/AO Online   Economia   1 de Mai de 2018, 14:50

O presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada destacou hoje a aposta do grupo Level Constellation no reativar do hotel Monte Palace, encerrado há 27 anos, sublinhando que tal representa uma aposta no turismo da maior cidade açoriana.

Em nota de imprensa hoje enviada às redações pelo gabinete de José Manuel Bolieiro (PSD) é referido que o autarca encontrou-se na segunda-feira com o presidente do grupo chinês Level Constellation, Yingjie Wen, que se deslocou aos Paços do Concelho para "dar nota da confirmação do investimento no hotel Monte Palace, nas Sete Cidades". "Uma oportunidade de negócio que, para o edil e para o empresário, é mais do que o investimento num hotel: é uma aposta clara no turismo de Ponta Delgada e da região", frisa o gabinete de Bolieiro. O autarca diz ainda congratular-se com o facto de o projeto de reabilitação do Monte Palace "refletir a preocupação com a sustentabilidade ambiental, sem adulteração ambiental e geológica do espaço e zona envolvente". O hotel Monte Palace, nas Sete Cidades, que está encerrado há 27 anos, deverá abrir em 2021 como unidade hoteleira de cinco estrelas, mantendo a atual traça arquitetónica, anunciou na segunda-feira a Level Constellation. Numa nota enviada à agência Lusa, a Level Constellation adianta que "submeterá brevemente ao município de Ponta Delgada o projeto do edifício, que visa manter o perfil arquitetónico existente", devendo, todavia, cair a "marca Monte Palace". O hotel, localizado na Vista do Rei, Sete Cidades, nos Açores, propriedade do Banif na sequência de uma penhora ao Grupo SIRAM, foi inaugurado em 1989 na ilha de São Miguel e empregava mais de cem pessoas, mas fechou pouco tempo depois por ausência de lucro. O edifício de cinco pisos tinha dois restaurantes, três salas de conferência, uma discoteca, uma loja, 88 quartos, 52 suítes juniores, 27 quartos duplos, quatro quartos duplos com saleta, quatro suítes de luxo e uma suíte presidencial. Localizado junto ao miradouro da Vista do Rei, com vista sobre a Lagoa das Sete Cidades, o hotel teve até 2010 segurança em permanência, mas ficou posteriormente ao abandono, sendo vandalizado e saqueado. O Monte Palace, o primeiro de cinco estrelas dos Açores, chegou a vencer em 1990 o prémio de Melhor Hotel do Ano em Portugal. No final de 2017, a Level Constellation adquiriu o antigo hotel Monte Palace, não tendo sido divulgado o montante da operação. A promotora imobiliária Level Constellation informa que a nova unidade hoteleira terá cinco estrelas e será "totalmente orientada para o meio natural em que se insere", devendo "incorporar um centro de ciência, que se encontra a ser negociado com duas entidades de primeira linha no setor, bem como um SPA, um 'rooftop' e áreas de apoio a atividades na natureza, como 'hiking' e 'birdwatching'".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.