Bispo de Angra diz que "obrigação de votar é tão séria como ir à missa ao domingo"

 Bispo de Angra diz que "obrigação de votar é tão séria como ir à missa ao domingo"

 

LUSA/AO online   Regional   3 de Set de 2015, 17:01

O bispo de Angra, nos Açores, apelou ao voto dos cristãos enquanto cidadãos "responsáveis e comprometidos" nas eleições legislativa de 4 de outubro, alegando que "a obrigação de votar é tão séria como ir à missa ao domingo"

"Para o cristão, a obrigação de votar é tão séria como ir à missa ao domingo. Aliás, se para alguém fosse incompatível ir votar e ir à missa prevaleceria a obrigação de votar”, afirmou António Sousa Braga, numa nota pastoral datada de 31 de agosto, mas só agora divulgada no portal da diocese de Angra, nos Açores.

No texto dirigido “às comunidades cristãs” e intitulado “Votar: dever do cidadão”, o bispo açoriano considerou que “um cidadão que quer ser cidadão responsável e comprometido não pode deixar de ir votar no dia das eleições”, “tanto mais na situação atual, que exige que os portugueses façam escolhas concretas, que definam o seu futuro”.

“No dia das eleições, no próximo dia 04 de outubro, não podemos ficar em casa, deixando que uma minoria escolha por nós. Cada um/a tem de assumir as próprias responsabilidades e escolher, votando”, afirmou António sousa Braga.

Segundo o Bispo de Angra, “o bem comum é, por definição, o bem de todos e não pode ser deixado nas mãos invisíveis da economia de mercado”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.