Berto Messias vai defender importância das autonomias regionais


 

Lusa / AO online   Regional   15 de Jul de 2010, 18:20

A JS/Açores vai defender a importância das autonomias regionais e o papel que devem desempenhar no todo nacional no Congresso Nacional da Juventude Socialista que começa na sexta-feira em Lisboa, onde estará representada com 35 delegados.
“Nunca é de mais afirmar a autonomia nas plataformas nacionais da JS porque aqueles que serão os responsáveis políticos do país no futuro têm a obrigação de ter maior sensibilidade para as questões autonómicas do que muitos responsáveis políticos nacionais de hoje”, afirmou Berto Messias, líder da JS/Açores.

Nesse sentido, na intervenção que vai proferir no congresso que decorre até domingo, pretende destacar a autonomia regional como “um prolongamento e parte integrante da identidade nacional”, destacando os Açores enquanto região que “desenvolve políticas responsáveis e que é um exemplo a nível nacional de crescimento económico e de coesão social e territorial”.

O líder da JS/Açores vai, por isso, defender “o modelo de desenvolvimento dos Açores enquanto modelo inspirador para todos os socialistas portugueses”, destacando o facto de implementar “medidas pioneiras a nível nacional que garantem um desenvolvimento que concilia o crescimento económico com a protecção social”.

Neste congresso, Berto Messias é candidato a presidente da Comissão Nacional da JS, o órgão máximo entre congressos, integrado na candidatura de Pedro Delgado Alves à liderança desta organização política de juventude.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.