Berta Cabral não dá indicação de voto aos deputados sem conhecer documento

Berta Cabral não dá indicação de voto aos deputados sem conhecer documento

 

lusa/AO Online   Regional   8 de Out de 2012, 18:03

A Presidente do PSD/Açores, Berta Cabral afirmou hoje "não parecer sério" dar qualquer indicação de voto aos três deputados social-democratas açorianos na Assembleia da República antes de conhecer o Orçamento de Estados para 2013.

“Sou presidente do PSD/Açores há quatro anos e mesmo a nível regional nunca demos indicação de sentido de voto antes de conhecer o documento. Não me parece sério”, afirmou Berta Cabral aos jornalistas, reagindo à proposta de Orçamento de Estado para 2013 que será concluído na quarta-feira.

Para Berta Cabral, que também á a candidata do PSD às eleições regionais de 14 de outubro, “não é responsável” tomar decisões antes de conhecer o documento em causa, tanto “a nível regional como nacional”.

Depois do Conselho de Ministros extraordinário de domingo, Passos Coelho anunciou que a preparação da proposta do Orçamento do Estado para 2013 ficará concluída na quarta-feira num Conselho de Ministros "que será antecipado de quinta para quarta dada a participação do ministro das Finanças no encontro anual do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional no Japão".

Na opinião de Passos Coelho este "é um orçamento difícil, o mais difícil, provavelmente, de todos os orçamentos durante este período da execução do memorando de entendimento".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.