Berta Cabral distinguida pelo Conselho de Liderança Luso-Americana

Berta Cabral distinguida pelo Conselho de Liderança Luso-Americana

 

Lusa/AO online   Regional   11 de Out de 2011, 14:14

 A presidente da Câmara de Ponta Delgada, Berta Cabral, foi distinguida com o Prémio de Liderança Internacional 2011, atribuído pelo Conselho de Liderança Luso-Americana dos EUA, que será entregue a 12 de novembro numa cerimónia em Washington

A PALCUS (Portuguese-American Leadership Council of the United States) decidiu atribuir este ano o prémio a Berta Cabral como reconhecimento do trabalho que a autarca tem desenvolvido na aproximação entre os Açores e as comunidades emigrantes radicadas nos EUA.

Berta Cabral é a terceira personalidade açoriana a ser distinguida com este prémio, que já foi entregue à cantora luso-americana Nely Furtado e ao presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César.

Na cerimónia deste ano, além de Berta Cabral, serão também distinguidos António Goulart, dirigente da Portuguese Heritage Publications of California, que receberá o prémio de liderança em Serviços Comunitários, e Maria Pacheco, professora na Universidade de Brown, que vai receber o prémio de liderança em Educação.

José Rodrigues, presidente da Fort Myer Construction Corporation, será distinguido com o prémio de liderança em Empreendedorismo, enquanto a Portuguese American Post Graduate Society receberá o prémio de liderança Organizacional.

Estes prémios, criados em 1996, distinguem anualmente portugueses e luso-americanos que se destacam por realizações nas suas profissões ou ao serviço das comunidades.

O senador Ben Campbell Nighthorse, o congressista Tony Coelho, a presidente do Senado de Rhode Island, Teresa Paiva-Weed, o embaixador Pedro Catarino, atual representante da República nos Açores, o ator Joaquim de Almeida e o ex-presidente da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) Rui Machete são algumas das personalidades já galardoadas.

A PALCUS foi fundada em 1991 por um grupo de profissionais luso-americanos bem sucedidos, que reconheceram a necessidade de qualificar a abordagem das comunidades portuguesas nos EUA.

A organização, que surgiu com 92 membros, conta atualmente com mais de 300 membros individuais e 14 institucionais, representando mais de um milhão de portugueses em diferentes estados norte-americanos


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.