Bento XVI poderá falar sobre aborto e casamento gay durante a visita


 

Lusa / AO online   Nacional   26 de Fev de 2010, 15:22

A legalização do aborto e o casamento homossexual são “temas fracturantes” que poderão ser referidos pelo Papa durante a viagem que realizará a Portugal de 11 a 14 de Maio, disse hoje o presidente da comissão organizadora.
Em conferência de imprensa para apresentação da imagem oficial da visita de Bento XVI, o presidente da Comissão Central Organizadora da viagem, o Bispo Auxiliar de Lisboa, Carlos Azevedo, revelou que estes “temas fracturantes” poderão ser referidos pelo Sumo Pontífice.

“O Papa poderá, ou não, fazer uma referência a estas situações perturbadoras da família, que é uma insistência da Igreja Católica, e uma vez que o Santo Padre tem feito a defesa dos valores da família”, disse.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.