Liga Sagres

Benfica reforça liderança com vitória frente aos pacenses

Benfica reforça liderança com vitória frente aos pacenses

 

Lusa/Aonline   Futebol   7 de Mar de 2010, 20:42

O Benfica reforçou a liderança da Liga Sagres com uma vitória segura sobre o Paços de Ferreira, por 3-1, aproveitando o deslize o seu rival mais directo, o Sporting de Braga, na 22ª jornada
No Estádio da Luz, Rúben Amorim, Saviola e Cardozo - de novo líder isolado dos marcadores, com 18 golos - assinaram os tentos dos encarnados, que comandam agora o campeonato com três pontos de vantagem sobre os bracarenses, travados no sábado no campo do Vitória de Setúbal (0-0).
Apesar do jogo complicado da Liga Europa da próxima quinta-feira, frente ao Marselha, o Benfica não poupou esforços e voltou a realizar uma excelente exibição em casa, quase sempre a um ritmo elevado, enquanto o Paços de Ferreira mostrou-se pouco agressivo, principalmente no seu sector defensivo.
O Benfica entrou muito forte na partida, numa primeira parte em que protagonizou um festival de futebol ofensivo, perante uma frágil e desorganizada defesa pacense.
Sem grande surpresa, os encarnados colocaram-se em vantagem, aos 13 minutos, através de um cabeceamento de Rúben Amorim, que se antecipou ao guarda-redes Coelho.
Com Di Maria e Saviola “endiabrados”, o Benfica continuou a sufocar a formação nortenha e o pequeno avançado argentino aumentou a vantagem, ao 17 minutos, numa lance em que “partiu os rins” a um defesa adversário e fuzilou o guardião do Paços de Ferreira.
Mesmo em vantagem, o festival ofensivo benfiquista continuou com a equipa de Jorge Jesus a criar inúmeras oportunidades, enquanto o Paços de Ferreira aguentava como podia e raramente partia em contra ataque.
Perto do intervalo, o Benfica tirou por momentos o pé do acelerador e os “castores” aproveitaram para reduzir a desvantagem, através de William, após uma passe longo de Jorginho, num lance em que Luisão “acordou” tarde.
Logo no regresso dos balneários, o clube da Luz esteve perto de voltar a “facturar” por duas vezes, mas Coelho respondeu bem a remates de Rúben Amorim e Cardozo.
Com o jogo disputado a uma velocidade electrizante, Di Maria atirou com estrondo à barra após mais uma jogada de combinação com Saviola e, pouco depois (58 minutos), o Benfica voltou a marcar com um remate feliz de Cardozo, num lance em que Coelho ficou mal na “fotografia”.
O terceiro golo do Benfica deitou por terra as esperanças do Paços de Ferreira de sair do Estádio da Luz pelo menos com um ponto, que a partir dai praticamente desistiu de chegar perto da baliza de Quim.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.