Benfica e Fonte do Bastardo esperam supertaça de voleibol equilibrada

Voleibol /
fonte bastardo benfica supertaça

2329 visualizações   

José Jardim e João José, treinadores de Benfica e Fonte do Bastardo, respetivamente, esperam "um jogo equilibrado", no sábado, em Viseu, para encontrar o vencedor da Supertaça de voleibol de 2016
 

Na antevisão à partida que vai decidir o primeiro troféu oficial da temporada, que se vai jogar pelas 18h30, no Pavilhão Cidade de Viseu, os dois técnicos deixaram o desejo, partilhado, de "vencer e dar um bom espetáculo".

José Jardim diz que "vão defrontar-se duas equipas muito bem apetrechadas" e, apesar de o campeonato começar dentro de uma semana, o técnico do Benfica não quer, para já, pensar nessa competição. Foco total no jogo de sábado, até porque "há um troféu para ganhar", disse.

João José, que esta temporada abraça a carreira de treinador, depois de uma longa carreira como jogador, quer começar "a ganhar".

Sobre a nova experiência, considera que "é diferente e mais exigente", pois, "como atleta, o objetivo era render, nos treinos e nos jogos, mas, como treinador, não dá para `desligar´, já que é preciso fazer a equipa render e quando acaba o treino ou o jogo estar já a pensar no que se vai fazer a seguir", justificou.

As duas equipas defrontaram-se no passado fim de semana, em Lamego, no Torneio das Vindimas, com a vitória dos açorianos em cinco sets (3-2), mas "amanhã é outro jogo, e há um troféu para vencer", considerou Hugo Gaspar, capitão de equipa dos 'encarnados', detentores da Taça.

Do lado dos campeões nacionais, Caíque Silva, capitão de equipa, lembrou que "a Supertaça é o troféu que falta ao clube".