Bebé encontrada viva quatro dias depois de queda de edifício

Bebé encontrada viva quatro dias depois de queda de edifício

 

Lusa/AO online   Internacional   3 de Mai de 2016, 12:36

Uma bebé foi retirada viva dos escombros, quatro dias depois da queda de um edifício num bairro pobre de Nairobi, que causou a morte de 23 pessoas, anunciaram a polícia e a Cruz Vermelha quenianas.

 

“Boas notícias! Uma criança com cerca de um ano e meio foi resgatada viva cerca das 04H00 (01H00 TMG, 2H00 em Lisboa) e enviada para o hospital Kenyatta National”, indicou a Cruz Vermelha, citada pela agência France Presse.

A menina passou cerca de 80 horas “numa bacia, embrulhada numa coberta”, estava desidratada, mas aparentemente sem ferimentos, de acordo com a mesma fonte.

O chefe da polícia de Nairobi, Japheth Koome, falou de “um milagre” e disse que as equipas de socorro “prosseguem os esforços” para tentar encontrar mais sobreviventes.

De acordo com a polícia, o balanço do drama ocorrido na passada sexta-feira ascende a 23 mortos, depois de mais dois corpos terem sido hoje encontrados.

O imóvel de seis andares no bairro populoso de Huruma, nordeste da capital queniana, caiu no seguimento de chuvas torrenciais e em consequência da má qualidade da construção.

O prédio, construído há apenas dois anos, tinha sido edificado junto a uma ribeira e tinha sido alvo de um mandado de demolição. A decisão não foi, porém, respeitada e executada pelas autoridades.

Vários edifícios desmoronaram nos últimos anos em Nairobi e noutras cidades quenianas, devido ao forte aumento da construção de imóveis. A qualidade dos materiais ou a velocidade excessiva da construção são frequentemente colocadas em causa, assim como a capacidade de promotores pouco escrupulosos de contornar a regulamentação através do recurso à corrupção.

No total, pelo menos 30 pessoas morreram em Nairobi desde a passada sexta-feira em consequência das chuvas torrenciais, as mais violentas desde o início da estação das chuvas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.