BE questiona Governo dos Açores sobre serviços de saúde no arranque do ano político

BE questiona Governo dos Açores sobre serviços de saúde no arranque do ano político

 

LUSA/AO online   Regional   14 de Set de 2015, 18:26

O Governo dos Açores será confrontado na terça-feira, durante o plenário da Assembleia Regional, com uma sessão de perguntas do Bloco de Esquerda sobre o funcionamento do Serviço Regional de Saúde (SRS)

A deputada bloquista Zuraida Soares vai apresentar, na ‘rentrée’ da assembleia legislativa, na Horta, questões relacionadas com o financiamento do SRS e com o acesso aos cuidados de saúde no arquipélago, que, no seu entender, está cada vez mais dificultado.

"Até quando o Governo pretende continuar a política de subfinanciamento do SRS, retirando aos utentes e às pessoas que mais dele precisam - que são aquelas que não têm liquidez para irem a um privado - o acesso a cuidados de saúde?", questionou Zuraida Soares, em declarações à Lusa.

A deputada do BE entende também que o Governo Regional socialista deve adotar nos Açores políticas diferentes das que vigoram na Madeira e no continente, nomeadamente as que resultam da "austeridade estúpida".

"Desde logo, acabar com as taxas moderadoras, seja para quem for, porque essa é mais uma dificuldade, mais uma burocracia e mais dinheiro que tem de se tirar do bolso, e cada vez as pessoas têm menos", lamentou Zuraida Soares.

A abolição das taxas moderadoras já foi abordada no parlamento açoriano antes das férias de verão, através de uma proposta do PCP, que acabou chumbada pela maioria socialista.

A qualidade das refeições escolares e as condições em que são efetuados os abates de animais nos matadouros do arquipélago são outros temas que vão estar em discussão, esta semana, na assembleia regional.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.