BE quer apoios majorados para projetos de turismo rural e da natureza nos Açores

BE quer apoios majorados para projetos de turismo rural e da natureza nos Açores

 

LUSA/AO online   Regional   25 de Ago de 2016, 16:31

O coordenador regional do Bloco de Esquerda nos Açores Paulo Mendes defendeu hoje apoios majorados para projetos de turismo rural e da natureza, considerando que este segmento deve ser privilegiado

"Os apoios deveriam ser majorados para todas as iniciativas privadas que privilegiem as unidades de turismo rural e da natureza desde que as condições de conservação do património histórico e cultural fossem garantidas”, afirmou à agência Lusa Paulo Mendes.

O coordenador falava à margem de uma visita a uma unidade de turismo rural em Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, cidade cujo centro histórico é Património Mundial da Unesco – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e Cultura.

Para o dirigente do BE, também cabeça de lista do partido às eleições legislativas regionais de 16 de outubro pela ilha Terceira, “é este modelo que permite distinguir os Açores de outros destinos com os quais concorre”.

“No caso da ilha Terceira, seria muito importante que essa aposta no turismo rural se direcionasse muito especialmente para tudo o que tivesse a ver com o legado cultural e património histórico”, referiu, sustentando que, nesse sentido, a Terceira “seria um destino complementar a outras ilhas”.

O objetivo “não é incentivar a concorrência entre ilhas que não é desejável, nem necessária” no âmbito deste tipo de turismo, considerou.

“Este modelo de turismo rural e da natureza enquadra-se no espírito de hospitalidade demonstrado pelas nossas gentes, mas não quer dizer que não seja necessária formação específica na área por parte de quem se dedica a este setor”, acrescentou Paulo Mendes.

Por outro lado, o coordenador regional referiu que “a aposta neste tipo de turismo é uma forma de atenuar a sazonalidade a que está sujeito o destino” e garantir-se “a sustentabilidade do setor”.

“Se o setor for sustentável, é também uma forma de criar e de valorizar o emprego”, acrescentou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.