BE apresenta plano para apoiar a reabilitação urbana pública e privada

BE apresenta plano para apoiar a reabilitação urbana pública e privada

 

Lusa/AO online   Regional   8 de Out de 2012, 17:13

O BE/Açores apresentou esta segunda-feira um plano de reabilitação urbana pública e privada nas nove ilhas açorianas, alegando que esta medida vai permitir "a criação de emprego" e estimando que possa injetar num ano 150 milhões de euros na economia regional.

"A reabilitação pública será feita através de um protocolo estabelecido entre o Governo Regional e as autarquias para reabilitar espaços e imóveis públicos em cada um das nossas ilhas", concretizou a coordenadora regional do BE/Açores, Zuraida Soares, numa ação de campanha para as eleições regionais de domingo.

A cabeça de lista do BE/Açores pelo círculo de São Miguel colocou hoje uma faixa num imóvel degradado no centro de Ponta Delgada, afirmando que se trata de "um exemplo entre milhares".

A proposta do BE propõe ainda, em termos de reabilitação privada, "o estabelecimento de uma linha de crédito até 50 milhões de euros com dois anos de carência sem juros para que cada particular possa reabilitar a sua habitação, imóvel, prédio ou moradia se assim o entender".

Esta solução “cria emprego, dinamização da economia, cria impostos, porque as empresas e trabalhadores pagarão impostos", frisou Zuraida Soares, estimando que a iniciativa "possa num ano injetar na economia regional 150 milhões de euros", muito “dinheiro para uma economia que está sem perspetiva de futuro".

A coordenadora do Bloco de Esquerda nos Açores referiu que "não adianta injetar dinheiro em subsídios para as empresas quando elas depois não têm possibilidade de devolver e pagar este dinheiro".

Por outro lado, Zuraida Soares voltou a apelar ao "reforço no Bloco de Esquerda para que "medidas concretas, imediatas e exequíveis, que deem reposta ao desemprego e às dificuldades das famílias, possam ser aprovadas na Assembleia Legislativa Regional".

Voltando a referir-se às sondagens que dão a vitória aos socialistas, Zuraida Soares reafirmou que agora “é necessário reforçar a esquerda no parlamento" para condicionar a futura governação PS.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.