BCE acredita que plano de austeridade vai convencer mercados

BCE acredita que plano de austeridade vai convencer mercados

 

Lusa/AO Online   Economia   13 de Mar de 2010, 07:20

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, acredita que o plano de austeridade anunciado pela Grécia vai convencer os mercados de que está no caminho certo para sair da crise orçamental que atravessa.

"O governo grego tomou medidas adicionais que eu descreveria como convincentes e corajosas", afirmou Trichet, numa entrevista que concedeu à Rádio Bloomberg, nos Estados Unidos, à margem de uma reunião económica na Universidade de Stanford, no estado da Califórnia.

Numa outra entrevista à Fox Business Network, Trichet considerou que o plano de austeridade da Grécia vai convencer os mercados de que o país "está a mover-se na direção certa".

O país europeu pretende reduzir este ano o seu défice fiscal em quatro pontos percentuais do Produto Interno Bruto (PIB), através da subida dos impostos e de cortes drásticos nos gastos públicos. No ano passado, o défice grego atingiu os 12,7 por cento do PIB.

Nas entrevistas, o presidente do BCE também afirmou que a ideia de criar um fundo monetário europeu "merece consideração". "Houve uma proposta de académicos, em particular, e uma proposta do ministro das Finanças da Alemanha", disse, acrescentando que, se se chegar a formar, esse novo organismo deveria impor "condições muito, muito estritas" para o recurso aos fundos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.