Bastonário dos médicos considera "lamentáveis" declarações de ministro Mariano Gago


 

Lusa   Nacional   18 de Dez de 2010, 19:41

O bastonário da Ordem dos Médicos considerou hoje "lamentáveis" as críticas do ministro da Ciência e Ensino Superior às ordens profissionais, afirmando que estas defendem o interesse público e a qualidade da formação
Mariano Gago acusou hoje o parlamento de ceder aos interesses corporativos das ordens profissionais, dizendo que estas organizações apenas pretendem “canibalizar” e “controlar” o acesso ao mercado de trabalho.

Contactado pela Lusa, Pedro Nunes afirmou achar "absolutamente lamentáveis" as declarações do ministro, que acusou a Assembleia da República de ceder a quem a "chateia" e cria um "condicionamento do mercado de trabalho".

O ministro afirmou ainda que quando se encontram consigo no seu gabinete, os representantes das ordens pedem-lhe para "arranjar maneira de fechar" as novas entradas nas profissões que representam.

"Nunca lhe pedi para fechar entradas coisíssima nenhuma, o que lhe disse sempre foi que ele tinha que ter respeito pela saúde dos portugueses e não podia colocar indivíduos sem conhecimento, ignorantes, com uma bata branca como se fosse médicos", afirmou o bastonário.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.