Enfermeiros

Bastonária defende protocolos para decisões mais céleres

Bastonária defende protocolos para decisões mais céleres

 

Lusa/AO online   Regional   3 de Set de 2010, 18:15

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Maria Augusta Sousa, defendeu esta sexta-feira, em Ponta Delgada, Açores, protocolos "devidamente especificados" que permitam aos profissionais, num quadro de equipa multidisciplinar, tomar decisões que garantam maior celeridade, por exemplo na transferência de doentes.
"Um desafio específico nesta região está relacionado com os mecanismos de referenciação e a capacitação para a tomada de decisão para facilitar e garantir que, quando se identificam determinadas necessidades, seja possível que existam protocolos devidamente especificados para aquelas situações, que evitem percas de tempo”, afirmou a bastonária.


Maria Augusta Sousa falava aos jornalistas no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, onde participou num debate sobre o tema “Um olhar sobre a enfermagem actual: desafios para os enfermeiros”, no quadro da visita que iniciou quinta-feira aos Açores.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.