Barron Hilton doa quase toda a fortuna à caridade e não às netas


 

Lusa/AO   Internacional   27 de Dez de 2007, 05:09

O patriarca dos Hiltons, Barron, anunciou na quarta-feira que doará 97 por cento da sua fortuna de 1,6 mil milhões de euros à caridade e não às suas netas, Paris e Nicky.

O anúncio foi feito pelo próprio Barron Hilton, ex-administrador-delegado da cadeia hoteleira Hilton, em e-mail à revista Fortune.

    O avô de Paris e Nicky Hilton tenciona deixar o dinheiro à fundação Conrad N. Hilton, que tem o nome do seu pai e que realiza mais de 50 por cento das suas obras de caridade fora dos Estados Unidos.

    Em 1990, por exemplo, a fundação apoiou com 43 milhões de dólares projectos de água potável em África, indica a revista Fortune.

    Com esta doação, Barron Hilton segue as pisadas do pai, que criou a fundação em 1944 e que, ao morrer, em 1979, legou a maior parte da sua fortuna à caridade.

    A Fortune recorda que Barron Hilton, aos 80 anos, recebeu recentemente duas importantes injecções de capital.

    Em Julho passado, a Blackstone anunciou a compra da cadeia Hilton por 18 mil milhões de euros, sendo que cinco por cento das acções estavam nas mãos de Barron.

    O avô das "socialites" Paris e Nicky detém também acções na empresa de casinos Harrah's Entertainment que está em vias de ser comprada por 10 mil milhões de euros, o que lhe trará um acrescento de 210 milhões de euros à sua colossal fortuna.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.