Bancos Alimentares recolheram 2.914 toneladas de alimentos no fim-de-semana

Bancos Alimentares recolheram 2.914 toneladas de alimentos no fim-de-semana

 

Lusa/AO Online   Nacional   3 de Dez de 2012, 06:11

Os Bancos Alimentares Contra a Fome recolheram 2.914 toneladas de alimentos na campanha realizada nos supermercados durante o fim-de-semana, revelou à agência Lusa a responsável pela operação, Isabel Jonet.

"É extraordinário ver a adesão dos portugueses", disse Isabel Jonet, presidente da Federação Portuguesa de Bancos Alimentares Contra a Fome.

A campanha decorreu no sábado e domingo, nos supermercados do país, com o objetivo de recolher alimentos essenciais para pessoas carenciadas, nomeadamente farinha, leite, arroz, massa, óleo, azeite e vários tipos de enlatados.

Cerca de 38.500 voluntários do continente e ilhas foram mobilizados para esta operação de recolha de alimentos em mais de 1.600 estabelecimentos comerciais.

"Essas quantidades agora recolhidas e o número de portugueses que quiseram colaborar mostram bem como os portugueses são solidários (?), numa resposta clara de inconformismo e disponibilidade para ajudar a minorar carências e dificuldades daqueles que mais precisam", indicou a responsável.

De acordo com o Banco Alimentar, as 2.914 toneladas de alimentos recolhidas serão distribuídas a partir da próxima semana a 2.373 instituições de solidariedade social, para entrega a cerca de 373 mil pessoas carenciadas.

A campanha dos Bancos Alimentares Contra a Fome realizada em novembro do ano passado recolheu cerca de 2.950 toneladas de alimentos.

"Sabemos que o próximo vai ser um ano especialmente difícil e portanto a expetativa era que pelo menos se aproximasse do montante que foi recolhido na campanha de novembro de 2011 e assim foi", frisou.

"Devemos estar muito contentes porque efetivamente os portugueses quiseram uma vez mais demonstrar que estão disponíveis para colaborar. Penso que há aqui uma mensagem clara de confiança em relação ao projeto dos Bancos Alimentares Contra a Fome", concluiu Isabel Jonet.

A par da campanha de recolha de alimentos em supermercados, o Banco Alimentar Contra a Fome disponibiliza ainda, até 09 de dezembro, a possibilidade de doar alimentos online em www.alimentestaideia.net.

O objetivo é dar a possibilidade das pessoas poderem fazer doações sem se deslocarem aos estabelecimentos comerciais.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.