Conjuntura

Banco de Portugal revê em alta crescimento da economia em 2010

Banco de Portugal revê em alta crescimento da economia em 2010

 

Lusa/AO online   Economia   7 de Out de 2010, 11:03

O Banco de Portugal reviu esta quinta-feira em alta o crescimento económico para 1,2 por cento este ano, projectando no entanto uma estagnação em 2011, sem contar ainda com as últimas medidas de austeridade anunciadas pelo Governo.
De acordo com o Boletim Económico de Outono publicado esta quinta-feira, o banco central prevê que a economia portuguesa cresça mais 0,3 pontos percentuais em 2010 do que na sua última projecção, de 0,9 para 1,2 por cento, beneficiando de um aumento maior que o esperado da procura interna e das exportações.

Em 2011, o Banco de Portugal aponta para uma total estagnação económica (sem qualquer crescimento real), num cenário em que ainda não foram tidas em contas as medidas de austeridade para 2010 e 2011 anunciadas a 29 de Setembro.

“A actual projecção incorpora, em particular, medidas de consolidação orçamental anunciadas em meados de Maio do corrente ano, não tendo sido incluídas as medidas orçamentais anunciadas a 29 de Setembro, dado que ainda não cumprem plenamente os critérios acordados no âmbito dos exercícios de projecção do Eurosistema”, explica o banco central.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.