Balanço final do descarrilamento de comboio nos EUA aponta para oito mortos e 200 feridos

Balanço final do descarrilamento de comboio nos EUA aponta para oito mortos e 200 feridos

 

Lusa/AO online   Internacional   14 de Mai de 2015, 18:45

O descarrilamento de um comboio na terça-feira em Filadélfia provocou oito mortos, refere o último balanço divulgado em conferência de imprensa pelo chefe dos bombeiros da cidade, Derrick Sawyer.

O presidente da câmara local, Michael Nutter, acrescentou que já foram identificadas as 243 pessoas que viajavam na composição, dando a entender que todos os corpos foram encontrados. O acidente também provocou mais de 200 feridos.

Michael Nutter precisou que até ao final da manhã de hoje permaneciam internadas no hospital 43 pessoas.

Os primeiros resultados do inquérito demonstram que o comboio circulava com o dobro da velocidade autorizada antes de descarrilar numa curva.

As causas exatas do acidente ainda não são conhecidas, e através do seu advogado o maquinista, que também ficou ferido, afirma não se recordar de nada.

A agência responsável pelo inquérito (NTSB) já indicou que na noite de terça-feira o comboio da companhia ferroviária pública Amtrak, que fazia a ligação entre Washington e Nova Iorque, circulava numa curva a 170 quilómetros por hora antes de acionar os travões de emergência.

Segundo a agência ferroviária federal, o limite de velocidade nessa curva é de 80 quilómetros por hora, e imediatamente antes de 112 quilómetros por hora.

O inquérito concentra-se agora na ausência de limitadores de velocidade nesse troço e que segundo um responsável do NTSB poderia ter evitado o acidente.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.