Avião australiano desaparecido em África


 

Lusa / AO online   Internacional   21 de Jun de 2010, 11:53

O primeiro-ministro australiano, Kevin Rudd, assegurou que “não ficará um pedaço de terra por verificar” para localizar o avião fretado por uma companheira mineira australiana que desapareceu sábado na África Ocidental.
O avião da companhia congolesa Aero-Services, levantou voo no sábado de manhã da capital dos Camarões com destino a Yangadou, noroeste da República Democrática do Congo, com 11 pessoas a bordo.

Entre os passageiros estavam o empresário multimilionário Ken Talbot, director não-executivo da companhia mineira australiana Sundance Resources, o presidente da empresa Goeff Wedlock, o seu diretor geral Don Lewis, o secretário John Carr-Gregg e outros dois directores não-executivos, John Jones e Craig Oliver.

As autoridades de aviação civil dos Camarões e do Congo iniciaram uma operação conjunta de busca da aeronave entre os pontos de partida e chegada do aparelho.

As operações de busca são apoiadas por quatro helicópteros e quatro avionetas e foram suspensas durante a noite, prosseguindo ao amanhecer.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.