Aviação turca realiza ataques aéreos contra 'jihadistas' do Estado Islâmico


 

Lusa/AO online   Internacional   29 de Ago de 2015, 14:14

A aviação turca realizou na sexta-feira à noite ataques aéreos na Síria contra o grupo "jihadista" Estado Islâmico (EI), os primeiros com a coligação dirigida pelos Estados Unidos, anunciou o Ministério dos Negócios Estrangeiros turco.

 

"Os nossos aviões de caça (...) começaram ontem (sexta-feira) à noite a realizar operações conjuntas com os aviões da coligação contra alvos do Daesh (acrónimo árabe do Estado Islâmico) que constitui também uma ameaça à segurança do nosso país", precisa num comunicado.

O chefe da diplomacia turco, Mevlut Cavusoglu, anunciou a 05 de agosto, durante um encontro com o seu homólogo norte-americano, John Kerry, na Malásia, que a Turquia ia começar "em breve" a combater o EI.

"Atualmente, em conjunto com os Estados Unidos, treinamos e equipamos a oposição moderada (Síria) e vamos também iniciar o nosso combate contra o Daesh, em breve, e de modo eficaz", assegurou o ministro aos jornalistas no início do encontro à margem da cimeira regional sobre segurança organizada pela Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN).

Os Estados Unidos há muito que incentivavam a Turquia, aliado histórico, a reforçar a luta contra o EI, mas Ancara mostrou-se reticente.

A posição mudou após ataques mortíferos em solo turco e a 24 de julho Ancara desencadeou uma "guerra contra o terrorismo", que disse visar em simultâneo o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, proibido) e os combatentes do EI na Síria.

Desde então, a Turquia realizou uma série de ataques aéreos, embora observadores afirmassem que os combatentes do PKK foram muito mais frequentemente visados do que o EI.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.