Aviação

Avaria no motor do A380 da Qantas poderá dever-se a um defeito de fabrico

Avaria no motor do A380 da Qantas poderá dever-se a um defeito de fabrico

 

Lusa/AO online   Internacional   5 de Nov de 2010, 17:21

A avaria num dos motores de um A380 da Qantas, que foi ontem forçado a fazer uma aterragem de emergência no aeroporto de Singapura, poderá dever-se a um defeito de fabrico, disse esta sexta-feira o director geral da companhia australiana, Alan Joyce.
O responsável disse aos jornalistas que vários pneus da aeronave estoiraram aquando da aterragem de emergência em Singapura e que a Qantas espera retomar os voos com a sua frota de A380 em 48 horas após as vistorias técnicas aos aparelhos.

“Julgamos haver fortes probabilidades de (o incidente) se ter devido a uma avaria material ou a uma questão de defeito de fabrico”, disse hoje Alan Joyce durante uma conferência de imprensa.

Também a Singapore Airlines e a Lufthansa realizaram vistorias técnicas aos seus A380.

Um A380 da australiana Qantas, que efectuava um voo entre Singapura e Sidney com 433 passageiros e 26 membros da tripulação a bordo, teve, na quinta-feira, de fazer uma aterragem de emergência em Singapura devido a problemas num dos quatro motores.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.