Autarquia de São Roque do Pico assegura que não oculta informação aos munícipes


 

Lusa/AO Online   Regional   10 de Dez de 2015, 11:17

O presidente da Câmara Municipal de São Roque do Pico,assegurou que "não há qualquer tentativa de ocultação de dados" por parte daquele município, que ocupa o último lugar no Índice de Transparência Municipal em 2015.

 

A terceira edição do Índice de Transparência Municipal (ITM), que avalia as páginas na internet das 308 câmaras municipais, foi hoje divulgada, numa iniciativa da Transparência e Integridade, Associação Cívica (TIAC) que mede a disponibilização da informação, com 76 indicadores, que vão desde a organização do município, até à transparência económico-financeira, à prestação de contas ou aos contratos celebrados pela autarquia.

A Câmara da Alfândega da Fé continua a ser a autarquia com melhor classificação no Índice, mas os últimos dez lugares do fim da tabela são ocupados pelas câmaras municipais de São Roque do Pico, Calheta, Corvo, Vila Flor, Crato, Monção, Ponta do Sol, Idanha-a-Nova, Fornos de Algodres e Tabuaço.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara de São Roque do Pico, Mark Anthony Silveira, disse que "já era expectável" a posição daquele município açoriano, uma vez que ocorreram "problemas no site" da autarquia, que já está a finalizar um novo website, dotando assim os munícipes com "uma nova ferramenta capaz de disponibilizar a maior informação possível".

"O município tinha o seu site alojado num servidor que estava contratualizado com a Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores e, devido à cessação do contrato, os sites deixaram de estar alojados neste servidor e, portanto, a Câmara Municipal está a construir um novo site assente numa outra plataforma", explicou Mark Anthony Silveira.

Por isso, "era expectável e compreende-se, mas a justificação é única e simplesmente esta", acrescentou o autarca, sublinhando que "não há qualquer tentativa de ocultação de informação".

Além de Alfândega da Fé, que obteve um resultado de 94,23 numa escala de 0-100, estão também no pódio do ITM as câmaras municipais de Arcos de Valdevez (89,84) e Carregal do Sal (88,87).

A terceira edição do ITM, que avalia as páginas na internet das 308 câmaras municipais, revela também que os municípios portugueses fizeram ganhos assinaláveis na disponibilização de informação de interesse público nos seus websites.

A TIAC, representante em Portugal da rede global anticorrupção Transparência Internacional, é uma ONG sem fins lucrativos que tem como missão combater a corrupção.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.