Autarca de Ponta Delgada diz que visita ao Brasil potenciou destino de oportunidades

Autarca de Ponta Delgada diz que visita ao Brasil potenciou destino de oportunidades

 

Lusa/AO online   Regional   24 de Abr de 2018, 12:25

O presidente da Câmara de Ponta Delgada, que esteve em visita ao Brasil nos últimos dias, sublinhou hoje que a deslocação serviu para potenciar os Açores não só como “destino de saudade", mas como região de "oportunidades de negócio".

"Fizemos uma maratona no território do Brasil, que é extenso, longo, e entre a afetividade que encontrámos houve espaço para o conhecimento da realidade dos Açores dos dias de hoje e sentirmos que temos uma comunidade muito próxima das vivências da açorianidade, mas muito bem integrada no Brasil", disse José Manuel Bolieiro à agência Lusa.

Bolieiro integrou uma comitiva açoriana - liderada pelo presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro - que visitou durante cinco dias o Brasil, com passagens por Florianópolis, São Paulo e Rio de Janeiro.

O autarca de Ponta Delgada teve, além dos eventos integrados na comitiva do arquipélago, uma agenda específica, nomeadamente em Florianópolis, cidade-irmã da maior cidade açoriana.

O presidente da autarquia de Ponta Delgada valorizou o "conhecimento atualizado" das Casas dos Açores no Brasil e destacou a mensagem deixada às comunidades "sobre a realidade da Região Autónoma dos Açores e a sua economia".

"É importante as comunidades descobrirem os Açores não só como destino de saudade, mas também como de oportunidades de negócio", sustentou o social-democrata.

A convite de Vasco Cordeiro, a comitiva que viajou ao Brasil integrou também os presidentes das Câmaras Municipais de Angra do Heroísmo e Praia da Vitória - cidades, como Ponta Delgada, geminadas com Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina -, bem como alguns deputados da comissão de Política Geral do parlamento açoriano.

O Brasil constituiu o destino da primeira vaga sistemática de emigração açoriana a partir do século XVIII, nomeadamente para o sul do país.

Após este período verificou-se um grande fluxo migratório, em finais do século XIX e no início e primeira metade do século XX, em concreto para os estados de São Paulo e do Rio de Janeiro.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.