Nuclear

Áustria critica decisão alemã de prolongar vida de centrais nucleares

Áustria critica decisão alemã de prolongar vida de centrais nucleares

 

Lusa/AO online   Internacional   6 de Set de 2010, 10:11

A Áustria, pela voz do ministro do Ambiente, criticou a decisão da Alemanha de prolongar por 12 anos, em média, a duração de vida das centrais nucleares, classificando-a como “duro golpe para a política de desenvolvimento das energias renováveis”
A decisão do governo alemão é “decepcionante” e constitui “um duro golpe para a política de desenvolvimento das energias renováveis”, disse em comunicado o ministro do Ambiente austríaco, Niki Berlakovich.

"O futuro do abastecimento energético reside indiscutivelmente nas energias renováveis”, sublinhou o ministro, lembrando o papel pioneiro da Áustria neste domínio.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.