Aung San Suu Kyi assistida no hospital por problemas cardíacos


 

Lusa / AO online   Internacional   12 de Abr de 2010, 15:07

A principal líder da oposição birmanesa e Prémio Nobel da Paz, Aung San Suu Kyi, foi atendida no Hospital Geral de Rangun por problemas cardíacos na madrugada desta segunda-feira, tendo regressado depois a casa, informaram fontes da oposição.
Suu Kyi, 64 anos, recebeu na quinta-feira a visita do seu médico assistente, Tin Myo Win, que levou uma máquina de electrocardiogramas, adiantou um dos advogados da opositora.

Fontes da Liga Nacional para a Democracia (LND), o partido de Aung San Suu Kyi, indicaram que a "Dama", como a apelidam os seus seguidores, sofre também de hipotensão e de problemas gástricos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.