Atlânticoline revela que 'Paraguana I' vai ser o segundo navio a operar nos Açores

Atlânticoline revela que 'Paraguana I' vai ser o segundo navio a operar nos Açores

 

Rui Jorge Cabral   Regional   13 de Mai de 2016, 20:55

A Atlânticoline anunciou ontem que o segundo navio que inicia a sua operação a 9 de junho nos Açores será o monocasco 'Paraguana I', muito idêntico ao 'Hellenic Wind' que operou no ano passado e já não o catamaran 'Alkioni', que tinha sido anunciado no início de março.

 


Segundo refere a Atlânticoline, a alteração do segundo navio surgiu a pedido do armador e não terá encargos adicionais. O ‘Paraguana I’ é um monocasco em aço de alta velocidade, com capacidade para 670 passageiros, 147 viaturas e com 95 metros de comprimento. A velocidade máxima do ‘Paraguana I’ é de 34 nós, embora o navio só deva operar a uma velocidade de serviço de 22/23 nós por uma questão de poupança de combustível.

Em declarações à RTP-Açores, o presidente da Atlânticoline, João Ponte, salientou que o ‘Paraguana I’ até terá maior capacidade para passageiros e viaturas e está melhor equipado face ao ‘Hellenic Wind’ que operou no ano passado.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.