Atividade sísmica na Ribeirinha, Faial, com tendência decrescente


 

Lusa/AO Online   Regional   14 de Ago de 2017, 10:18

A atividade sísmica na área epicentral da Ribeirinha, no Faial, Açores, se mantém acima do normal, mas ocorreu "uma tendência decrescente nas últimas 24 horas", indicou hoje a Proteção Civil dos Açores.

Numa última atualização emitida esta madrugada, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores cita o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), segundo o qual "a atividade sísmica na área epicentral (…) da Ribeirinha (ilha do Faial) se mantém acima do normal, tendo-se verificado uma tendência decrescente nas últimas 24 horas".

"O CIVISA continua a acompanhar o evoluir da situação, emitindo novos comunicados caso necessário", acrescenta.

No sábado foram registados 33 eventos de baixa magnitude na sequência desta atividade sísmica na freguesia da Ribeirinha, enquanto na sexta-feira o Centro de Vigilância Sismovulcânica registou, na mesma zona, 48 sismos de baixa magnitude.

"Nenhum dos eventos foi sentido pela população, sendo que o mais energético foi registado às 05:41 horas locais (06:41 em Lisboa) da última sexta-feira, seis quilómetros a noroeste da freguesia da Ribeirinha, atingindo uma magnitude 2.3 na escala de Richter", adiantava.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.