Paquistão

Atentado suicida em Quetta provoca pelo menos 22 mortos


 

Lusa/AO online   Internacional   3 de Set de 2010, 12:28

Pelo menos 22 pessoas morreram e perto de 40 ficaram feridas num atentado suicida contra uma manifestação xiita em Quetta, sudoeste do Paquistão, anunciou a polícia.
Uma bomba explodiu no meio de uma manifestação da minoria xiita (20 por cento dos paquistaneses) de protesto contra o controlo israelita de Jerusalém e de apoio aos palestinianos, explicou à France Presse Asif Ghafoor, chefe da polícia de Quetta.

Na quarta-feira à noite, um triplo atentado contra uma procissão xiita em Lahore provocou 31 mortos e cerca de 200 feridos.

Perto de 400 atentados foram perpetrados nos últimos três anos no país, a maioria cometidos por talibãs aliados da rede terrorista Al-Qaida ou por grupos a eles ligados.

Os xiitas são um dos alvos dos talibãs, de obediência sunita, o ramo dominante do Islão no Paquistão, que representa 80 por cento dos 170 milhões de habitantes no Paquistão.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.