Atenas vira à esquerda 24 anos depois nas eleições regionais com vitória escassa dos socialistas

Atenas vira à esquerda 24 anos depois nas eleições regionais com vitória escassa dos socialistas

 

Lusa   Internacional   14 de Nov de 2010, 20:28

O partido socialista grego, no poder, ganhou, por uma margem estreita, as eleições regionais na Grécia, marcadas pela viragem à esquerda na capital, Atenas, e também pela abstenção de mais de 50 por cento
Estas eleições, onde hoje se votou em segunda volta, eram consideradas um importante teste ao Governo socialista de Georges Papandréou, cujas medidas de austeridade, impostas pelo FMI e apela União Europeia, afetam seriamente as regiões.

Os candidatos apoiados pelos socialistas do PASOK obtiveram a maioria dos votos em oito das 13 regiões do país, segundo as estimativas oficiais do ministério do Interior.

A grande vitória foi em Atenas, que depois de 24 anos sob administração da direita, elegeu o candidato apoiado pelos socialistas, Georges Kaminis, ex provedor do cidadão na capital do país.

Segundo as estimativas, o Partido socialista (PASOK), coligado com um pequeno partido de esquerda, obteve 51,6 por cento dos votos em Atenas, contra 47,9 por cento do rival de direita.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.