Ataques piratas diminuem para nível mais baixo desde 2008

Ataques piratas diminuem para nível mais baixo desde 2008

 

Lusa/AO online   Internacional   22 de Out de 2012, 09:40

Os ataques de piratas marítimas em todo o mundo diminuíram para o nível mais baixo desde 2008, graças à redução das ameaças ao largo da Somália, avançou o observatório Gabinete Marítimo Internacional (GMI).

Dados do observatório dão conta do registo de 233 ataques de piratas em todo o mundo entre janeiro e setembro deste ano, contra 352 reportados no mesmo período de 2011.

Para a diminuição contribuiu a quebra do número de ataques ao largo da costa da Somália que caiu de 199 no ano passado para 70 este ano, sendo que no terceiro trimestre apenas foi reportado um ataque somali.

O GMI considera que os piratas foram dissuadidos pelas autoridades internacionais da Marinha e pors embarcações que adotam as suas próprias medidas, como contratar guardas armados.

De acordo com a agência noticiosa norte-americana Associated Press, o observatório indicou ainda que 24 barcos foram alvo de sequestro entre janeiro e setembro.

No total, foram mortas seis pessoas na sequência dos ataques e feitos reféns quase 460 tripulantes.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.