Associação de Municípios alerta para "quase rutura" financeira de câmaras mais pequenas


 

Lusa/AO online   Nacional   22 de Jul de 2014, 16:01

O presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) alertou para o que considerou ser "a quase rutura financeira" das câmaras de menor dimensão.

 

Na sua análise ao Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, hoje apresentado em Lisboa, Manuel Machado disse que o documento conclui que houve uma redução das transferências financeiras do Orçamento do Estado para a administração local, embora tenha havido menos dinheiro mas mais competências, “o que se traduziu no aumento das despesas das câmaras municipais”.

“Se a este aumento da despesa autárquica confrontarmos as mesmas receitas municipais de anos anteriores encontramos a explicação para, em função da diminuição das transferências do Estado central para as autarquias, haver endividamento, sobretudo por parte dos pequenos municípios. Sendo estes a maioria dos municípios, a ANMP manifesta preocupação face à situação criada que deixou algumas câmaras municipais numa situação aflitiva de rutura, ou quase rutura, financeira”, sustentou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.