Pescas

Associação de mulheres da pesca exige igualdade

Associação de mulheres da pesca exige igualdade

 

Lusa / AO online   Regional   26 de Fev de 2010, 10:09

A Associação Ilhas em Rede, que reúne mulheres ligadas ao sector da pesca dos Açores, defendeu quinta-feira a igualdade de direitos nesta actividade, onde trabalham cerca de duas centenas de mulheres, exigindo o reconhecimento do trabalho feminino.
"Há muitos trabalhos que são feitos em terra, desempenhados pelas mulheres dos pescadores, que trabalham em casa na preparação dos aparelhos de pesca e não são remuneradas", afirmou Maria de Fátima Garcia, presidente da associação, em declarações à agência Lusa.

A dirigente associativa falava à margem da primeira Assembleia Geral da instituição, que decorreu no âmbito da reunião do Conselho Consultivo Regional das Águas Ocidentais do Sul da Europa, que terminou quinta-feira na Horta, Faial.

Segundo Maria de Fátima Garcia, a associação, criada há dois anos, tem como principal objectivo o "reconhecimento do papel da mulher na pesca", nas suas várias vertentes - armador, pescador e trabalhador em terra.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.