OE2011

Associação de Imprensa quer IVA em 6% nas revistas especializadas


 

Lusa/AO online   Economia   29 de Out de 2010, 18:15

A Associação Portuguesa de Imprensa (API) solicitou esta sexta-feira a manutenção do IVA em 6 por cento nas revistas especializadas, dizendo que só assim se manterá o "pluralismo" e "diversidade" na imprensa portuguesa.
O Orçamento do Estado (OE) para 2011 prevê que as revistas especializadas tenham um IVA de 23 por cento, o que a API considera um perigo para o "pluralismo" e "diversidade" da imprensa em Portugal.

A associação presidida por João Palmeiro reuniu-se na quinta-feira com os grupos parlamentares do CDS-PP e do PS e tem marcada para breve conversas com o BE e o PEV, não estando ainda agendadas sessões com o PSD e o PCP.

Nas reuniões já realizadas, a API solicitou aos partidos "o exame criterioso" de uma série de considerações sobre a medida prevista no OE, apelando à manutenção da "actual tributação do IVA em 6 por cento" para as revistas especializadas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.