Árvore do Rockefeller Center ilumina manifestações por Eric Garner em Nova Iorque

Árvore do Rockefeller Center ilumina manifestações por Eric Garner em Nova Iorque

 

Lusa/AO online   Internacional   4 de Dez de 2014, 10:13

A árvore do Rockefeller Center iluminou-se para dar as boas vindas ao Natal em Nova Iorque, ao mesmo tempo que centenas de pessoas protestavam contra uma decisão judicial no caso da morte de um cidadão detido pela polícia.

O ‘mayor’ de Nova Iorque, Bill de Blasio, que devia carregar no botão para acender as luzes da árvore, suspendeu a cerimónia depois da decisão de um grande júri de não acusar o polícia caucasiano Daniel Pantaleo da morte do indivíduo de raça negra Eric Garner, que acabou por falecer após a detenção, a 17 de julho.

As luzes da mítica árvore acenderam-se ao mesmo tempo que centenas de manifestantes se concentravam nas ruas de Nova Iorque para protestar contra este caso, com alguns cidadãos a acorrerem para as portas do Rockefeller Center.

A polícia procedeu a várias detenções e bloqueou avenidas, o que causou concentrações de pessoas e dificuldades de acesso ao local.

As manifestações surgiram depois de um grande júri de Nova Iorque ter decidido não acusar o polícia da morte de Eric Garner.

Doente de asma, Eric Garner vendia ilegalmente cigarros numa rua do bairro de Staten Island e o polícia, ao detê-lo, agarrou-o pelo pescoço, enquanto se queixava repetidamente que não conseguia respirar. O homem de 43 anos e com seis filhos acabou por morrer no hospital.

"Ele disse 11 vezes que não conseguia respirar", recordou hoje a viúva, Esaw Garner, ao referir-se a uma gravação em vídeo realizada por um transeunte sobre o momento da detenção na rua. "Não deveria ter sido morto desta maneira. Deveria estar aqui connosco a celebrar o Dia de Ação de Graças e o Natal”, insistiu Esaw Garner.

A partir de hoje e até 07 de janeiro, a árvore vai ser uma das atrações da "Grande Maçã", com mais de 45.000 luzes, assumindo-se com um símbolo das festividades natalícias na cidade dos arranha-céus desde 1933.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.