Artur Lima (CDS-PP) promete acabar com "subsidiodependência" dos empresários

Artur Lima (CDS-PP) promete acabar com "subsidiodependência" dos empresários

 

lusa/AO Online   Regional   29 de Set de 2012, 11:07

O presidente do CDS-PP nos Açores, Artur Lima, assumiu ontem, na Calheta, em São Jorge, o compromisso de "acabar com a subsidiodependência" dos empresários, caso o seu partido venha a integrar o próximo Governo Regional.

 

Artur Lima, que falava aos jornalistas no final de uma visita à Fábrica de Conservas de Santa Catarina, garantiu que, se tiver responsabilidades governativas, o CDS-PP terá mais “cuidado” na atribuição de apoios.

“Não vamos dar subsídios como faz o Governo Regional, criando subsidiodependência. Isso, com o CDS, vai acabar”, afirmou Artur Lima, que é o candidato do CDS-PP à presidência do Governo dos Açores nas eleições de 14 de outubro.

Para o líder regional do CDS-PP, os apoios devem ser atribuídos “a quem trabalha, a quem é empreendedor e a quem exporta”.

Artur Lima lamentou a falta de apoio do executivo regional socialista à Fábrica de Conservas de Santa Catarina, recordando que não resolveu o problema do passivo da empresa, que exporta conservas de qualidade para todo o mundo.

“Quando estava em dificuldades, o Governo adquiriu a fábrica, só que esqueceu-se de resolver o passivo”, frisou, destacando o papel dos diretores e funcionários da fábrica, que, mesmo com dificuldades, conseguiram ganhar prémios internacionais.

Artur Lima criticou também Vasco Cordeiro, candidato socialista à presidência do Governo dos Açores, que tinha a pasta da Economia no executivo, considerando que “nunca” se lembrou desta fábrica e agora, em tempo de campanha eleitoral, afirma que “é preciso acrescentar mais valor aos produtos açorianos”.

“O PS está no Governo há 16 anos”, recordou, apelando aos habitantes de S. Jorge para que apoiem mais o CDS-PP para que o partido possa ter uma palavra a dizer na formação do próximo governo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.